Creatina

Creatina aumenta músculo

Sim, a creatina é um dos suplementos mais consumidos no mundo da musculação e se algo está claro neste momento é que funciona. Por isso podemos sim dizer que a creatina é um suplemento que aumenta a massa muscular e é um grande aliado de atletas profissionais e amadores. Continue lendo este artigo para entender mais sobre essa substância e como ela atua em seu organismo.

 

O que é creatina?

O que é creatina?
O que é creatina?

Esta substância é um aminoácido, mas um composto de azoto orgânico de entre o grupo de aminas, não essenciais, comuns na dieta, como é predominantemente obtido através do consumo de carne ou de peixe, contendo 5 gramas por quilograma. Além disso, a creatina é sintetizada principalmente no fígado, pâncreas e rins através dos aminoácidos precursores, como arginina, glicina e metionina.

O corpo humano requer uma quantidade total de 2 gramas de creatina por dia, dos quais 50% são sintetizados pelo próprio corpo, enquanto os outros 50% devem ser fornecidos através da dieta. As maiores concentrações de creatina no corpo humano são encontradas no músculo esquelético, com aproximadamente 95% do conteúdo total desse composto.

Ou seja, além da creatina ser usada como suplemento esportivo, é comum encontrá-la na carne vermelha ou no peixe, embora seja verdade que consumir uma quantidade entre 3 e 5 gramas, o que é recomendado atletas, precisaríamos comer um quilo de carne. Portanto, é mais fácil consumi-lo através de suplementos.

 

Creatina e esporte- Construção de músculos

Creatina e esporte- Construção de músculos
Creatina e esporte- Construção de músculos

A maneira mais comum de consumir creatina é no momento anterior ao exercício, com comida ou com uma bebida, embora realmente quando consumimos não seja relevante, pois a creatina atua quando o nível de saturação nas células é atingido. Portanto, não é uma má escolha levá-lo após o exercício ou em qualquer outra hora do dia.

De acordo com uma revisão de estudos realizados pela Universidade do Centro Educacional Latino-Americano, os autores sugerem que a suplementação de creatina é uma estratégia nutricional segura e eficaz para aumentar o desempenho durante o exercício.

De fato, de acordo com essa revisão, a creatina parece proporcionar os efeitos mais benéficos para o desempenho esportivo quando a atividade envolve o desempenho de séries repetidas de exercícios de alta intensidade e de curta duração. Portanto, pesquisas afirmam que leva a uma melhoria significativa no desempenho, especialmente no final da série de exercícios. Ou seja, é ideal para os amantes de pesos, academia e esportes de alta intensidade.

Segundo um estudo publicado na revista Sports Medicine, o consumo de creatina produz um aumento significativo da massa corporal, sem reduzir o percentual de gordura corporal e não produz um aumento da massa magra maior do que o causado apenas pelo treinamento de força. O que significa que não podemos tomar creatina e ficar sentados esperando nossos músculos crescerem, já que temos que acompanhá-los com um treinamento de peso de intensidade suficiente.

 

Creatina melhora a produção de energia

Creatina melhora a produção de energia
Creatina melhora a produção de energia

O trifosfato de adenosina (ATP) é a forma mais básica de energia nas células do corpo. Desempenha um papel fundamental no metabolismo e na função muscular.

Infelizmente, você só pode armazenar ATP suficiente para 8-10 segundos de exercício de alta intensidade. Depois disso, o organismo deve produzir ATP novamente para atender às demandas exigidas pela atividade.

Realizar exercícios na intensidade máxima requer mais ATP por segundo do que o corpo pode produzir.

Esta é uma das razões pelas quais você só pode correr a toda velocidade por alguns segundos. Simplesmente a energia ATP no corpo está esgotada.

Os suplementos de creatina aumentam as reservas do corpo de fosfato de creatina, que é usado para produzir novo ATP durante exercícios de alta intensidade.

De fato, o simples carregamento de uma dose de creatina por 6 dias, seguido por uma dose diária de manutenção de creatina de 2 g / dia, pode aumentar drasticamente a capacidade do músculo de armazenar a creatina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *