Saúde

Nutricionista ou endocrinologista para ganhar massa muscular

O ganho de massa muscular com orientação profissional – Nutricionista ou endocrinologista para ganhar massa muscular

O crescimento dos músculos e a consequente hipertrofia muscular são almejados por muitos, que procuram por orientação profissional para o fazer de maneira responsável com a saúde e obter resultados melhores. Assim, surge a dúvida de qual dos profissionais da área da saúde procurar para esse fim. Nutricionista ou endocrinologista para ganhar massa muscular

A função do nutricionista – Nutricionista ou endocrinologista para ganhar massa muscular

O profissional da nutrição estuda os alimentos e os efeitos que eles produzem no organismo e, assim, atua fazendo análises das características e dos objetivos específicos dos pacientes, para, assim, elaborar a dieta mais adequada para cada um deles, baseada em um planejamento alimentar que supre as necessidades individuais de nutrientes. O diagnóstico nutricional feito pelo nutricionista leva em consideração desde o estado e as condições de saúde do paciente até seus hábitos alimentares e seu estilo de vida, para que seja possível indicar o consumo dos alimentos mais adequados, o que se faz extremamente importante principalmente no caso dos atletas, que dependem de uma alimentação adequada para obterem os resultados desejados, sendo o papel do nutricionista muito importante nesse sentido, pois ele define para os esportistas cardápios com alimentos que ajudam na melhora do desempenho físico e otimizam a recuperação pós exercício.

A função do endocrinologista – Nutricionista ou endocrinologista para ganhar massa muscular

A endocrinologia, como o próprio nome diz, é a especialidade médica que engloba as atividades do sistema endócrino, que contempla a rede de glândulas, que produzem os hormônios e os liberam na corrente sanguínea. Alguns exemplos de glândulas cujas funções são facilmente perceptíveis são as suprarrenais, que liberam hormônios corticosteroides como o cortisol e a adrenalina na corrente sanguínea, que assumem funções como a regulação do metabolismo; a tireoide, que produz hormônios responsáveis pelo estímulo do metabolismo, como a tiroxina e a triiodotironina; as sudoríparas, que produzem o suor, por meio do qual são liberadas do corpo substâncias tóxicas e é possível a regulação da temperatura corporal; e o pâncreas, que, além de secretar o suco pancreático, composto por enzimas digestivas, produz hormônios muito importantes para o funcionamento do organismo como a insulina e o glucagon, que são importantes na regulação na taxa de glicose no sangue e na produção de energia.

Dessa maneira, o médico endocrinologista atua em uma área muito ampla englobada pelas disfunções hormonais, como alguns casos de obesidade, a diabetes, os distúrbios na menstruação, os distúrbios tireoidianos, as anormalidades no crescimento, a andropausa, as irregularidades nos níveis de colesterol e triglicérides, as doenças da hipófise, da suprarrenal e da tireoide, o excesso do pelos, a alteração hormonal na puberdade e a reposição de hormônios na menopausa.

Nutricionista ou endocrinologista para ganhar massa muscular

Assim, percebe-se a necessidade de consultar tanto um nutricionista quanto um endocrinologista quando se objetiva o ganho de massa muscular. O nutricionista será de grande ajuda nesse sentido pois adaptará a dieta tanto às necessidades específicas do corpo quanto às necessidades do treino, recomendando alimentos que aumentam a produção de energia, por exemplo, melhorando o desempenho nos exercícios, aceleram a recuperação deles e estimulam a constituição muscular.

Já o endocrinologista, com o qual a consulta é necessária independentemente do desejo de aumento da massa muscular, faz diagnósticos diretamente relacionados à absorção dos nutrientes e ao metabolismo, que são de importância central para que esse objetivo seja alcançado, podendo, ainda, prescrever reposições hormonais, caso sejam necessárias, que ajudam no desenvolvimento da musculatura.