Estética, Saúde

Uva passa engorda ou Emagrece?

Uva Passa Engorda ou Emagrece – Ao chegar ao fim de ano, uma polêmica é quase certa na mesa de sua família na hora de fazer as decisões sobre o cardápio do natal ou ate mesmo na compra dos produtos da cesta de natal. Colocar ou não uva passa no arroz? Essa pequena fruta popular no mundo inteiro e também conhecida como “doce da natureza”, não agrada a todos, mas é um ingrediente quase obrigatório para as receitas que buscam ser um pouco diferenciadas nessa data tão especial para as famílias mundo afora.

O ponto em questão é: por que não conhecer um pouco mais sobre as uvas passas e, quem sabe, incluir ela de forma mais frequente em sua alimentação? Para isso, você terá que levar em consideração todos os prós e contras da composição dessa fruta e, a partir disso, tentar achar a melhor maneira de inseri-la dentro de uma dieta saudável e equilibrada. Esses cuidados devem ser tomados porque a uva passa, apesar de estar entre os alimentos considerados nutritivos, possuem muito açúcar e, quando consumidas em exagero, podem sim te fazer engordar.

Para começar, vamos entender qual é o valor nutricional presente em cada cem gramas de uva passa: são 70 gramas de carboidratos, 59 gramas de açúcar, 3 gramas de proteínas, quatro gramas de fibras, meio grama de gordura e, por fim, 299 calorias. Cerca de 70% é frutose, que ao serem digeridas pelo corpo e oferecem energia instantaneamente.

Além disso, as uvas passas ainda podem te oferecer uma pequena parcela das suas doses diárias necessárias de alguns nutrientes importantes, como cálcio, ferro e potássio. É também rica em vitaminas, especialmente B, C, E e K. Também apresenta um mineral chamado boro que possui boa atuação principalmente em mulheres, promovendo melhor saúde em seus ossos e atuando na prevenção de doenças como a osteoporose. Esse mineral ainda ajuda em outras funções do organismo, como o processamento de vitamina D e estrogênio.

Uva passa engorda?

É preciso muito cuidado para simplesmente definir se a uva passa engorda ou não. Diversos fatores devem ser levados em consideração, principalmente o fato de que nenhum alimento vai te fazer ganhar ou perder peso sozinho. Tudo deve estar inserido dentro de um contexto favorável onde sua alimentação é uma dieta equilibrada e saudável, além da presença de exercícios físicos e suplementos dependendo de seus objetivos.

No entanto, algumas coisas precisam ser ditas sobre a uva passa: são livres de colesterol e gordura e ricas em antioxidantes (menos em relação às uvas tradicionais, pois o processo de secagem faz com que a uva passa apresente um número menor de antioxidantes). As uvas passas também podem promover uma melhor saúde bucal (mais especificamente nas gengivas e dentes) graças a presença de ácido oleanólico e outros fitonutrientes em sua composição. Sua considerável concentração de fibras ainda pode ser um bom aliado contra a prisão de ventre. Mas antes de mergulhar de vez nos benefícios da uva passa, vamos tentar responder de forma mais direta se ela engorda ou não.

Você sabe o que é densidade energética? É um termo que pode ser definido como a maneira de descrever as calorias de um alimento, mas relacionando isso com o tamanho de uma porção. Como você notou no valor nutricional da uva passa mencionado acima, ela possui uma alta quantidade de calorias, fazendo com que seja um alimento de alta densidade energética e não deve ser sua prioridade na luta para perder peso. No entanto, como também já mencionado, é uma fruta nutritiva e que apresenta propriedades positivas, sendo algo saudável quando consumido com moderação.

Benefícios da uva passa – Uva Passa Engorda?

Como mencionado rapidamente acima, a concentração de fibras da uva passa faz com que ela possa ser um importante aliado contra a prisão de ventre. Lembre-se que o intestino preso ocorre, geralmente, por uma alimentação pobre em fibras que resulta em um funcionamento ruim do seu sistema intestinal. A uva passa vai favorecer a absorção de nutrientes em seu organismo e ainda servir como um efeito laxativo, reduzindo a ocorrência de prisão de ventre.

Além disso e de sua ação antioxidante contra radicais livres, a presença significativa de vitaminas do complexo B e outros minerais (como o ferro) na uva passa fazem com que essa frutinha fortaleça o seu sistema imunológico, atuando, por exemplo, na prevenção da anemia. Ainda pode também atuar contra infecções graças a seus fitonutrientes pofenólicos.

Uvas passas, frutos secos de certas variedades de uva. As uvas passas foram cultivadas já em 2000 AC na Pérsia e no Egito, e as uvas secas são mencionadas na Bíblia (Números 6: 3) durante o tempo de Moisés. David (o futuro rei de Israel) foi presenteado com “uma centena de cachos de passas” (1 Samuel 25:18), provavelmente em algum momento durante o período de 1110-1070 AC . Os antigos gregos e romanos adornavam locais de culto com passas e eram premiados como prêmios em eventos esportivos. Até o século 20, os principais produtores de passas eram a Turquia, o Irã e a Grécia; em meados do século, os Estados Unidos assumiram a liderança na produção, com a Austrália segundo o ranking. A indústria de passas dos EUA está localizada inteiramente na Califórnia, onde as primeiras uvas passas foram plantadas em 1851.

As variedades mais importantes de uvas passas são a Thompson Seedless, uma uva sem caroço amarela pálida, também conhecida como Sultanina (Califórnia); Muscat, ou Alexandria, uma variedade de sementes grandes também conhecida como Gordo Blanco (Austrália); Hanepoot Branco (África do Sul); e o Corinto Negro, um tipo pequeno, preto, sem sementes, também chamado de groselha Zante, Staphis (Grécia) e panariti. Outras variedades de passas de importância local incluem o Round Kishmish, o Rosaki, o Dattier, o Monukka e o Cape Currant.

As passas também podem ser designadas pelo método de secagem (natural, dourado-branqueado, lexia), pela forma em que são comercializadas (sementes, soltas, camadas), o principal local de origem (Aíyion, Smyrna, Málaga), os graus de tamanho, ou os graus de qualidade. Passas naturais são secas ao sol em sua condição natural; são de um preto acinzentado ou acinzentado, com a flor natural intacta e uma pele bastante dura. Passas douradas são produzidas a partir de uvas Thompson Seedless mergulhadas em lixívia a 0,5%, expostas a fumos de enxofre durante duas a quatro horas e secas em um desidratador de túnel. Eles são limão amarelo a amarelo dourado e são usados ​​principalmente em produtos de panificação. As passas branqueadas com enxofre são pré-tratadas do mesmo modo que as branqueadas de ouro, colocadas em bandejas e deixadas ao sol por três a quatro horas. As bandejas são então empilhadas e a secagem é continuada por várias semanas à sombra. O produto acabado aparece de cor amarelada e cremosa e levemente avermelhada.

As passas embebidas em soda ou branqueadas com soda derivam das uvas Thompson Seedless mergulhadas em soda cáustica diluída mas não sulfuradas, depois secas ao sol ou em um desidratador. Se secas rapidamente, elas são de cor âmbar claro a marrom médio, moderadamente tenras e de sabor suave. Passas e lexias mergulhadas em óleo são mergulhadas em uma solução diluída de soda cáustica sobre a qual flutua uma película fina de azeite de oliva ; eles são secos em bandejas sob luz solar direta e são de marrom médio a escuro, tenros e de sabor suave. Passas fornecem uma excelente fonte de ferro para a dieta.

As uvas passas (sultanas, moscatel, corinto, etc …), como quase todas as frutas secas ou desidratadas , são um alimento complicado. É verdade que eles têm um perfil nutricional muito interessante, mas ao mesmo tempo, tendo perdido toda a sua água, eles têm uma porcentagem muito alta de açúcar , o que não é muito aconselhável, e a verdade é que não é incomum para eles ajudarem. engordar Algo semelhante acontece quando comparamos os sucos com as frutas inteiras: Menos saciedade, mais açúcar (também ingerida em menos tempo), mais palatabilidade / vício … Então tente que não estão presentes em sua dieta diária, e se você consumir, de preferência fazer um pouco antes ou depois do treino ou praticar esportes com muita intensidade Também pode ser útil se você precisar de energia extra quando estiver no meio em um exercício de longo prazo e sentir baixos estoques de glicogênio. No entanto, a maioria das pessoas provavelmente raramente é vista nesta situação, por isso não a use como uma desculpa para se encher desnecessariamente com açúcar.

Mas, claro, se você quer algo muito doce, dê prioridade a alimentos como passas ou tâmaras, em vez de alimentos ultraprocessados, como biscoitos . No entanto, o ideal é que você coma frutas inteiras e em seu estado “original”, com toda a sua matriz alimentar (e isso inclui a água).

Apesar de tudo isso, as passas são ricas em potássio e também fornecem magnésio e cálcio, entre outros .  Além disso, eles parecem ser laxantes e podem ser eficazes contra a constipação .

Você já sabe que as calorias de um alimento em si não são a coisa mais importante (e, se você não sabe, leia este artigo e também este ). No entanto, pode sempre ajudar a ter alguma referência, especialmente quando você tem metas específicas de composição corporal. Venha então:

 

Quantas calorias tem 100 gramas de passas?

100 gramas de passas, eles representam 299 calorias . E desses 100 gramas, 59 são açúcar!

 

E por unidade? Quantas calorias uma uva passa?

É difícil estimar algo assim com precisão, já que 1 única passas realmente pesa muito pouco e, obviamente, nem todos pesam o mesmo. Mas considerando que 1 passa pesa cerca de 2 gramas, temos que:

Se 100 gramas foram 299 calorias, uma passa (2 gramas) será 5,98 calorias, isto é, quase 6 calorias .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *