Carregando...

Concessionária Fiat BH

A Concessionaria Fiat BH é uma empresa de grande histórico, fundada em 11 de julho de 1899. .

Concessionaria Fiat bh info

Concessionária Fiat BH

A Fiat é um dos maiores fabricantes de automóveis do mundo, com sede mundial na cidade de Turim, norte da Itália..

No artigo a seguir você encontrará os seguintes tópicos:

  • Concessionária Fiat BH
  • Fiat: A história
  • A Fiat Durante a Primeira Guerra Mundial
Saiba Mais

Concessionária Fiat BH - Tudo Sobre

O mundo globalizado permite que as culturas locais ganhem propagação e extrapolem seus locais de origem e levem seus elementos para lugares que, algumas décadas atrás, os desconheciam por completo.



Concessionária Fiat BH


Concessionaria Fiat bh - conheca o Concessionaria Fiat bh

Não é mistério algum que o Brasil é um país com uma população extremamente miscigenada, fruto de séculos de misturas entre nativos e imigrantes das mais diversas localidades.

No início da colonização do país, obviamente a maior carga de imigrantes era de portugueses, mas uma boa quantidade de franceses e holandeses habitou algumas porções do território brasileiro. Ao longo dos séculos, o regime escravocrata foi responsável por trazer centenas de milhares de africanos foram trazidos à força para o Brasil e também fazem parte da panela cultural e genética nacional. Nos séculos XIX e XX várias outras nacionalidades vieram compor o cenário étnico e cultural da população brasileira, com destaque para os turcos, japoneses, espanhóis, alemães e, claro, os italianos. Estima-se que a partir de 1870 mais de um milhão e meio de italianos chegaram ao Brasil com promessa de terras e trabalho. Rio Grande do Sul, São Paulo e Minas Gerais foram seus destinos principais. As influências da cultura italiana são perceptíveis em inúmeros aspectos da cultura brasileira e não parou por aí. Uma das montadoras automotivas que mais vendem veículos no Brasil desde sua chegada em território nacional, na década de 1970, a Fiat é um dos elementos italianos mais presentes na vida cotidiana do brasileiro. Sendo os automóveis da Fiat essa presença constante na vida do brasileiro, que tal conhecer um pouco sobre a história da empresa italiana?


Fiat: A história


Concessionaria Fiat bh - historia da Concessionaria Fiat bh

A Fiat tem desempenhado um papel de liderança na indústria automotiva desde a sua criação em 1899, no alvorecer da industrialização italiana. Desde o momento em que apareceram pela primeira vez no mercado, os produtos da Fiat, hoje muito além dos automóveis, foram amplamente desenvolvidos e reconhecidos mundialmente. Seu logotipo se tornou um grande símbolo de status devido a uma história de grandes carros, prestígio e tradição. A fundação da Società Anonima Fabbrica Italiana Automobili Torino ou Fiat, foi assinada em 11 de julho de 1899. Giovanni Agnelli fazia parte do Conselho de Administração, mas rapidamente se destacou como o inovador da Companhia. Ele estava determinado em tornar a Fiat um projeto muito bem sucedido e tinha grande visão estratégica. Por causa dessas qualidades, ele se tornou diretor administrativo da Fiat em 1902.

Em 1900, a primeira fábrica da Fiat foi inaugurada no corso Dante, em Turim, com uma força de trabalho de 150 pessoas. A Fiat viu 24 carros saírem da linha de montagem no primeiro ano, incluindo o primeiro modelo da empresa, o 3 ½ CV. Em 1904, um logotipo da Fiat foi projetado como um oval com um fundo azul. Quando a Itália sediou a primeira Car Tour do país, nove Fiats cruzaram a linha de chegada. Em 1902, o piloto Vincenzo Lancia venceu a corrida subida Sassi-Superga, no famoso modelo Fiat 24 HP. Giovanni Agnelli, presidente da Fiat, representou a empresa na pista de corrida, pilotando um Fiat 8 HP no segundo Italian Car Tour e estabeleceu um recorde nessa corrida.

Concessionaria Fiat bh - primeira fabrica

Em 1908, a Fiat abriu a Fiat Automobile Company nos EUA. A empresa cresceu aos trancos e barrancos: naquela época, um Fiat era um item de luxo na América, custando muito mais do que a média de um carro doméstico do período. A Fiat continuou a crescer rapidamente e não demorou muito para que a empresa expandisse sua linha de produtos com caminhões, bondes, motores marítimos e veículos comerciais.

No final do período de produção inicial da Fiat, a empresa passaria por algumas mudanças e reformularia sua produção. A Fiat começou a equipar seus carros com acumuladores elétricos e também patenteou a transmissão cardan. Sob a nova liderança do Giacomo Malle Trucco, a construção da famosa fábrica de Lingotto começou em 1916. Era para ser a maior fábrica na Europa, com uma linha de montagem exclusiva de cinco andares que terminou com uma pista de teste futurista construída no telhado do edifício.

A Fiat Durante a Primeira Guerra Mundial

Concessionaria Fiat bh - fiat primeira guerra carro

A fábrica foi concluída em 1922 e se tornou o símbolo da indústria automotiva na Itália nas décadas seguintes. Durante a Primeira Guerra Mundial, a Fiat se dedicou a fornecer armas, aeronaves e veículos às Forças Aliadas. A Fiat começou a explorar novos setores antes e depois da Primeira Guerra Mundial, tornando-se ativa em eletricidade, linhas de transporte público, ferrovias e na indústria siderúrgica. Uma subsidiária foi estabelecida na Rússia e a Fiat Lubrificanti foi fundada. Quando a guerra terminou, um momento de crise atingiu a Fiat e as fábricas da empresa foram brevemente mantidas pelos trabalhadores do Partido Socialista Italiano em 1921.

A recuperação veio rapidamente e, em 1923, a Fiat já mostrava sinais de crescimento, devido em parte a algumas políticas de corte de custos muito eficazes. Neste momento, Giovanni Agnelli foi promovido ao cargo de CEO da Fiat.

Vários modelos de carros novos foram lançados, incluindo o 509 de quatro lugares. A Fiat estabeleceu uma meta para criar produção em massa industrial a fim de diminuir o custo de seus carros. Uma holding foi criada para permitir que os compradores pagassem pelos Fiats através de parcelas. Como a empresa cresceu em todo o mundo, a Fiat também cresceu dentro da Itália entre 1912 e 1925. Eles foram rápidos em reconhecer as necessidades de seus funcionários e estabeleceram um plano de saúde, clubes esportivos e escolas especializadas. Quando Mussolini chegou ao poder na Itália, a Fiat teve que abandonar muitos de seus planos para uma presença internacional. A Fiat agora se concentraria em produzir o equipamento necessário para o mercado interno. A empresa respondeu com novas tecnologias e projetos em veículos comerciais, caminhões, além de ferrovias e aeronaves.

Dois novos carros da Fiat foram introduzidos entre 1934 e 1936. O Topolino era o menor carro utilitarista do mundo, e continuou a ser produzido até 1955. O Tariffa Minima, mais conhecido como o Balilla, era muito popular por conta da economia no consumo de combustível. A fábrica de Mirafiori era uma nova fábrica que introduziu princípios avançados para organização industrial em 1937. O foco da fábrica era direcionado para a produção em massa e aumentou consideravelmente a capacidade de produção da Fiat. Quando a Segunda Guerra Mundial estourou, a produção de carros quase cessou enquanto a Fiat fabricava veículos comerciais e militares, aviões, armas e maquinário para o esforço de guerra. Giovanni Agnelli, o presidente da Fiat, morreu em 1945, no final da guerra. Vittorio Valletta lideraria a empresa na Itália do pós-guerra. Durante a Segunda Guerra Mundial, muitas das fábricas da Fiat foram destruídas, mas em 1948 a reconstrução havia começado. Os lucros da Fiat aumentaram consideravelmente e mais funcionários foram contratados para cumprir o compromisso da empresa com a inovação e a pesquisa após a guerra.


Concessionaria Fiat bh - fiat topolino

Dois carros novos, o 500 e o 1400 foram introduzidos e a produção em massa incluiu a instalação de sistemas de aquecimento e ventilação pela primeira vez. A Fiat continuou suas pesquisas em aeronaves e motores marítimos e, em 1951, o avião a jato G830 nasceu: o primeiro da Itália. O 1400 diesel foi introduzido em 1953. Em 1958, a Fiat tinha crescido na produção de carros e máquinas agrícolas e estabeleceu fábricas no exterior, enquanto duplicava o complexo Mirafiori. A Itália estava no meio de um boom econômico e seu setor automotivo era a força motriz por trás disso, impulsionada pela inovação da Fiat. O Fiat 600 foi introduzido em 1955 e era um grande automóvel utilitarista com o motor montado na traseira. O New 500 foi lançado em 1957 e em 1960, a versão Giardinetta foi produzida - um precursor da Station Wagon. Esta foi também a época em que modelos conhecidos como o Fiat 1300, 1500 e 1800 foram lançados.


Concessionaria Fiat bh - fiat-500

A Fiat continuou a ter um crescimento de produção em meados da década de 1960, tanto nas exportações quanto nas vendas internas. A propriedade de carros na Itália mudou de um carro para cada 96 italianos para um em 28. A Fiat estava pronta para aproveitar o aumento e estabeleceu várias fábricas no sul da Itália. No entanto, este foi também o início dos conflitos sindicais e, por isso, em 1969, milhões de homens entraram em greves por toda a Itália. O neto do fundador Giovanni Agnelli, Gianni Agnelli, tornou-se presidente da Fiat em 1966. Como seu avô, ele garantiu que a empresa seguisse uma tendência de inovação com maior automação no processo de produção. O primeiro novo Fiat a ser lançado durante esses anos foi o 850, seguido em 1971 pelo 127, que foi um grande sucesso. O 127 foi o primeiro Fiat a ter tração dianteira e foi eleito Carro do Ano de 1971.

Para manter a Fiat no caminho da automação da produção, o Robogate, um sistema robótico flexível para montagem de carrocerias, foi introduzido nas fábricas em 1978. A Fiat também estava se tornando uma potência econômica e industrial, quando começou a adquirir outras empresas italianas bem conhecidas. marcas como Lancia, Ferrari, Alfa Romeo e Maserati: a Fiat se tornou a Fiat Auto SpA Entre 1978 e 1990, a Fiat também montou várias operações como empresas independentes. Estes incluíam a Fiat Avio, a Fiat Engineering, a Comau, a Fiat Ferraviaria, a Magneti Marelli e a Teksid.


Concessionaria Fiat bh - robogate

O Fiat Panda hatchback sem muitos adereços e acessível foi estilizado por Giugiaro para a empresa em 1980, que foi seguido com o Uno, em 1982. O Uno substituiu o 127 e se tornou o emblema da renovação da Fiat Auto e apresentou mudanças radicais em sua eletrônica. e escolha do material usado para construí-lo. O Fiat 1000 Fire Engine também foi introduzido neste momento. Em 1989, o Tipo foi lançado como um pequeno hatchback familiar. Tinha soluções técnicas de ponta e marcou uma conquista para a tecnologia Fiat. Foi muito popular no mercado internacional e foi nomeado 1989 Carro do Ano. Em 1990, o Fiat Tempra fez sua estreia no mercado de carros da família. Um ano depois, a última versão do 500 ou Cinquecento foi lançada. O Fiat Punto e o Fiat Coupé saíram da linha de montagem durante este tempo, com o Punto sendo nomeado Carro do Ano em 1995.

A Fiat fez sua estréia em SUVs em 1994, com a introdução do Fiat Ulysse. Em 1995, o Bravo, Brava e o Barchetta foram lançados com o Bravo / Brava, trazendo à Fiat mais um prêmio de carro europeu do ano de 1996. 1996 foi um ano de mudanças no topo da Fiat. Cesare Romiti assumiu como CEO, tornando Gianni Agnelli Presidente Honorário do Grupo Fiat. Em 1997, a Fiat deixou sua antiga sede corporativa na Corso Marconi, em Turim, e mudou-se para o Fiat Palazzina, no Lingotto. Por esta altura, o Palazzina Fiat de Lingotto foi transformado da famosa fábrica no maior complexo de convenções e feiras comerciais da Europa.

Durante a década de 1990, a Fiat estava mais uma vez enfrentando uma crise com a competição de mercado. Para lidar com isso, a empresa expandiu-se ainda mais para o mercado internacional, tornando a Fiat uma das fabricantes mundiais mais reconhecidas de veículos populares. Desde então, conseguiu com sucesso essa presença global, com mais de 60% das vendas da empresa são fora da Itália. Para comemorar o aniversário de 100 anos da Fiat, o logotipo da empresa foi revisado do oval para uma versão redonda.


Concessionaria Fiat bh - fiat-600

Em 1998, a Fiat lançou o 600 como um substituto para o 500. O carro ficou conhecido como um carro compacto, perfeito para dirigir na cidade. O design inovador da Multipla já foi apresentado em uma exposição de arte moderna no MOMA de Nova York. Este compacto utilitário foi introduzido no mesmo ano que o Seicento. Em 2000, o Fiat Doblò foi apresentado no Salão de Paris como um carro informal e um veículo comercial. Foi nomeado 2006 International Van of the Year. O Fiat Stilo foi lançado em 2001 para substituir o Bravo / Brava. O Stilo tinha inúmeras opções e tecnologia altamente sofisticada, além de um novo design. Em 2002, o Novo Fiat Ulysse, o Fiat Multipla e o Fiat Stilo MW foram reestilizados. Apesar da morte de Gianni Agnelli em 2003 após quase 50 anos de serviço, o ano também viu o novo Punto lançado com um inovador 1.3 Multijet 16v. Mais tarde naquele outono, o novo Panda foi lançado e foi quase imediatamente nomeado Carro do Ano de 2004.

Em janeiro de 2004, o Fiat Idea fez sua estreia: foi o primeiro utilitário de tamanho real construído pela Fiat e o design foi verdadeiramente único. O Idea foi feito mais alto para melhorar a visibilidade e seu interior foi aprimorado para flexibilidade, incluindo bancos traseiros deslizantes. O ano de 2007 viu o Fiat 500 ter uma suspensão mais rígida, paralamas mais largos e um motor turbo de quatro cilindros de 150 cv que vai de zero a 60 em oito segundos. O Fiat Sedici é um mini SUV de aspecto inteligente em casa na cidade ou no país, lançado em 2006. A Fiat continua no caminho da inovação e alta tecnologia durante o século XXI com uma linha de novos motores e novos modelos. Os nomes responsáveis pela reforma foram Sergio Marchionne e Luca Cordero di Montezemolo, que também levaram a Fiat à aquisição da Chrysler em 2009. Graças à aquisição e à vontade de Marchionne, a Fiat entrou novamente no mercado norte-americano, após dez anos de ausência. Apesar da crise, a Fiat introduziu novos modelos: o Alfa 159, o Fiat Nuova 500 e o La Grande Punto, que era o carro mais popular na Itália em 2006.

Em 2010, John Ellkan é nomeado presidente da Fiat e um plano de 5 anos para o desenvolvimento da empresa é criado: entre 2010 e 2014, a Fiat reestruturou a organização de seus setores através da criação da Fiat Industrial, onde todas as atividades relacionadas à produção de máquinas industriais convergiram.

Entre em contato agora mesmo

Concessionaria Fiat bh - comprar

Endereço

Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG

E-mail

contato@evotekone.com.br

Telefone para Contato

(31) 3292-7257

WhatsApp - Celular

(31) 9357-1951