Belo Horizonte - Minas Gerais (31) 3292-7257 Segunda - Sexta - 8:00 às 18:00
BMW - COMPRAR

BMW

A locomoção é algo básico para o ser humano. Assim como tudo durante o percurso da humanidade nos milhares de anos que já se passaram, as maneiras de se transportar foram evoluindo e tiveram momentos importantes durante toda a história. Deixando a parte mais primitiva para trás e já chegando na era dos carros, vemos empresas que tiveram papel fundamental na criação, popularização e estabilização dos automóveis ainda serem referências de mercado mais de 100 anos depois.

Alguns momentos serão eternamente lembrados como chave na evolução dos automóveis. A primeira versão, a modernização da cabine interna, o volante, a imposição da marcha e da embreagem, o início da produção em massa proporcionado carros mais populares… tudo isso marcou época independente de quem foi o responsável, criando uma hierarquia impressionante entre as companhias, que são cada vez mais poderosas comercialmente.

Uma dessas empresas é a BWM, que apresentou diversos carros clássicos durante toda sua trajetória e hoje ainda é referência no mercado para veículos extremamente confortáveis e eficientes. Conheça um pouco da história dessa organização.

A história da BMW

BMW
BMW

A BMW, abreviação para “Bayerische Motoren Werke”, o que significa “Bavarian Motor Works” em inglês, é uma empresa que percorreu um longo caminho até se transformar, nos dias atuais, em uma das marcas mais populares de carros esportivos, familiares e de luxo. A história da BMW começou com os esforços de Karl Rapp, que abriu a primeira versão da empresa, chamada Rapp Motorenwerke, em Oberwiesenfeld, área próxima de Munique. A empresa costumava fabricar aeronaves e tinha contratos com a Gustav Otto e Austro-Daimler para os fabricantes de motores V12 para seus aviões. Vamos revelar alguns dos eventos que mais marcaram a história da evolução da BWM e abordar também o seu belíssimo logo no decorrer do artigo.

No início dos anos 30, a BMW lançou um novo modelo de carro que alcançou um sucesso incrível, o Wartburg DA3. Pouco depois, a empresa tentou introduzir um novo eixo dianteiro em seus modelos Wartburg e Dixi, mas falhas na construção significaram que a maioria dos protótipos acabaram em acidentes em série. Apesar disso, em 1933, a empresa voltou aos negócios de forma séria e fabricou o 303, que usava o novo motor M78.

Mais tarde, ao longo dos anos 30, foram criados modelos mais novos dos 303, incluindo os 326, 320, 329, 327 e o mais popular entre todas as versões dessa linha, o 328 Brescia Grand Prix. No entanto, devido à guerra iminente de 1940, a BMW mudou seu interesse para a fabricação de veículos militares. Na década de 50, a BMW voltou a entrar no setor automobilístico e apresentou o 501, o primeiro BMW pós-guerra.

Em 1954, o veículo mais famoso de todos os tempos, o BMW 502 V8 super fez sua estreia, o que permitiu à empresa aumentar sua reputação em todo o mundo. Em 1956, a BMW introduziu um muscle car 507, que deixou a empresa sendo a que mais conseguia lucros naquela época.

O período de segunda guerra mundial foi um marco na história de diferentes empresas, ainda mais no caso da BMW, que tem origem alemã. Uma vez que o regime nazista foi derrotado, as forças aliadas desmantelaram todas as fábricas da BMW devido ao seu papel na produção de materiais de guerra. Quase arruinada e quase sem opções, a BMW começou a fabricar panelas, frigideiras e outros utensílios de cozinha para se manter à tona. Pior ainda, a fábrica de Munique foi despojada de todo o seu maquinário pesado e enviada para o exterior como parte das reparações do pós-guerra na Alemanha. A Segunda Guerra Mundial quase colocou a BMW fora dos negócios permanentemente. Sem fábricas e sem influência sobre qualquer de suas operações na Alemanha até 1949, a BMW teria que fazer tudo o que pudesse para continuar no negócio.

O logo da BMW

Para entender a história do logo da BMW, precisamos voltar para os primórdios da empresa, quando ela tinha um sucesso considerável, mas ainda atuando na indústria aeronáutica. Em 1916, ela foi renomeada para Bayerische Motoren Werke GmbH e, durante esse tempo, Max Friz foi designado como o projetista de aviões e, então, foi criado um novo motor de aeronave, que receberia o nome de “BMW Illa”. A partir disso, a empresa se tornou popular com o nome BMW e os proprietários decidiram criar um novo logotipo. Assim que a famosa marca azul e branca da empresa foi criada.

No entanto, em 1918, a BMW foi forçada a cessar a produção de motores de aeronaves. Portanto, a empresa voltou sua atenção para a fabricação de motocicletas em 1923. Logo, a BMW viu um enorme potencial no campo da fabricação de automóveis e começou a produzir automóveis em 1928. O primeiro automóvel produzido pela empresa foi o “BMW Dixi”.

A BMW no novo milênio

BMW brancaBMW branca

A BMW definitivamente provou sua competência como organização ao sobreviver a duas guerras mundiais. Entrando nesse século XXI, a BMW começou a se concentrar em crescer e apresentar inovações cada vez mais. A empresa colocou o último resquício do Grupo Rover, The Mini, para trabalhar construindo uma fábrica especializada na fabricação do veículo. Com o tempo, o Mini tornou-se altamente popular em todo o mundo. Tornou-se tão popular que a produção teve que aumentar em 150% para atender a demanda.

A BMW expandiu ainda mais seu império global ao abrir três novas fábricas. A intenção era passar uma mensagem das pretensões da empresa e ela foi entregue com sucesso. Uma fábrica da Rolls-Royce abriu suas portas em Goodwood em 2003. Logo depois, uma nova instalação ganhou vida em Shenyang, na China. Finalmente, a última fábrica foi aberta em Leipzig, na Alemanha. A mais nova fábrica alemã foi vista como uma maravilha arquitetônica e venceu o Prêmio de Arquitetura Alemã do ano após sua inauguração.

Hoje, a BMW continua a olhar para o futuro com crescimento, tecnologia e lucratividade como seus principais focos. O ambicioso grupo automobilístico afirmou que, até 2020, pretende ser o principal fabricante de automóveis de luxo do setor. Os proprietários de carros de um grupo de automóveis tão ambicioso devem escolher a cobertura da bmw para proteger contra arranhões, poeira, danos ambientais, raios UV e outros riscos que possam causar desgaste prematuro.

Desde o início da BMW, a companhia enfrentou uma estrada difícil. Eles perseveraram em alguns dos períodos mais difíceis da história humana. A BMW nunca vacilou e continuou a se esforçar para melhorar seus negócios. O século 21 introduziu uma organização mais forte, mais rápida e mais enxuta do que nunca e impulsionou essa organização a um novo patamar como uma das principais marcas automotivas de luxo do mundo.

Leave a comment