Saúde

Benefícios do Judô

 

Com a evolução da tecnologia e os constantes estudos de especialistas da área da saúde, hoje sabemos que o sedentarismo é uma das principais causas de doenças em todo o mundo, principalmente aquelas relacionadas à respiração e ao coração.

No entanto, é comum encontrarmos pessoas que não se vêem fazendo musculação ou indo à academia para outras práticas. Diante disso, uma ótima alternativa pode ser a prática constante de esportas, seja em níveis de competição ou apenas para se divertir!

A grande maioria dos esportes físicos pode trazer vários benefícios para a saúde dos seus praticantes. Nesse artigo falaremos de uma modalidade em especial, que pode ser encontrada em muitas academias ou lugares especializados. Esse é o judô! Leia todo o texto e descubra informações interessantes acerca desse esporte, alem de vários benefícios que ele pode trazer para a sua saúde.

 

O que é o judô?

 O Judô é uma arte marcial oriental, sendo uma das mais conhecidas e difundidas em todo o mundo. É classificado como um esporte de combate e praticado nas Olimpíadas, sendo então uma modalidade olímpica.

Esse tipo de luta foi criado no ano de 1882, pelo lutador Jigoro Kano. Segundo o seu mestre, o judô além de fortalecer o corpo, ajuda o desenvolvimento da mente e desenvolve técnicas de defesa pessoal. A modalidade foi criada a partir de uma junção de várias outras artes marciais do Oriente, principalmente o jiujitsu.

Já no século XIX, pouco depois de sua criação, foi considerado um esporte no Japão. Na Europa, a primeira equipe profissional de judô surgiu algumas décadas depois, no ano de 1918. As vestimentas usadas para a prática são um casado – chamado de Wagi –, uma faixa – chamada de obi – e uma calça – chamada de Shitabaki. Juntas, a calça e o casaco são chamados de judogi.

Nas práticas tradicionais, o judogi é branco e apenas a faixa muda de cor. No entanto, em competições mais atuais, a fim de ajudar os juízes a identificação dos espectadores pela TV, o uniforme é, na grande maioria das vezes, ou azul ou vermelho.

 

Quem pode praticar o judô?

 Quando falamos em luta, é comum que a grande maioria das pessoas imagine atletas fortes e bem treinados praticando. No entanto, um dos melhores fatores acerca do judô está relacionado com a sua democratização.

O esporte pode ser praticado por todo tipo de pessoa, não se restringindo apenas aos atletas profissionais. Dessa forma, é possível encontrar lugares onde existe judô para crianças, adultos, mulheres, homens, idosos e por aí vai. A partir desse fator, essa modalidade se tornou uma das mais praticadas de todo o mundo!

Segundo o mestre Jigoro Kano, o judô é uma prática onde você usa a força do próprio oponente e o seu equilíbrio contra ele. Ainda segundo Kano, o judô é uma prática que propicia o crescimento físico e o crescimento espiritual.

 

Benefícios do judô

 Agora que você já sabe, mesmo que de forma bem resumida, o que é o judô, provavelmente se interessou pelo esporte. Por esse motivo, nesse tópico iremos falar ainda mais sobre a prática, focando em quais são os benefícios que ela pode trazer para os seus praticantes.

Por ser uma atividade física, o judô pode trazer uma série de efeitos positivos no corpo e na mente. Veremos alguns desses principais benefícios:

 

– Perda de peso:

 Sabemos que estar acima do peso, principalmente com alta concentração de gordura em nosso corpo, pode trazer inúmeras conseqüências negativas para a nossa vida. Dessa forma, muitas pessoas que tem o interesse de praticar atividades físicas também estão desejando perder peso, e o judô pode te ajudar nisso.

Como sabemos, a premissa básica para o emagrecimento é queimar mais calorias do que ingerimos. Dessa forma, se você ficar parado em casa, mesmo comendo de forma reduzida, será difícil perder peso. Praticante o judô, é possível perder mais de 800 calorias em cada aula.

Sendo assim, praticando essa luta três vezes por semanas, serão queimadas aproximadamente 10 mil calorias a mais por mês, ocasionando, de forma natural, a perda de peso.

No entanto, é importante ressaltar que, para obter esse benefício, é necessário que o indivíduo tenha uma alimentação no mínimo equilibrada. Para isso, o mais indicado é que se consulte um nutricionista ou outro profissional da área da saúde.

 

– Ajuda a potencializar o cérebro:

 Da mesma forma que os nossos músculos ficam maiores se exercitamos eles constantemente, o cérebro funciona melhor quando é estimulado. E, nesse sentido, o judô é uma ótima alternativa para quem deseja potencializar a sua mente.

Isso se dá pelo fato de que, acima de tudo, o judô é uma luta de estratégia. Você precisa antecipar os movimentos do seu oponente antes mesmo que ele o faça. Além disso, caso você não consiga antencipa-los, será necessário ter um ótimo reflexo para impedir o golpe do outro.

Nesse sentido, praticando o judô você usará a sua mente constantemente, fazendo com que o cérebro apresente resultados melhores em simples situações do dia a dia.

 

– Auxilia no bem-estar:

 É cientificamente comprovado que a prática de exercícios físicos, principalmente no caso de esportes, estimula o bem estar dos seus praticantes. E não é algo meramente especulado, mas temos uma explicação para isso.

Acontece que, ao estimular o nosso corpo a esse tipo de situação, o metabolismo ficará mais atento e funcionará de forma mais rápida. Com isso, os hormônios do cérebro, principalmente a serotonina, que está ligada com as nossas emoções e o bem estar, é produzida em maior escala, fazendo com que a pessoa se sinta melhor.

 

– Proporciona noites melhores de sono:

 Muitas vezes estamos cansados da rotina do dia a dia, ansiosos em chegar na nossa cama e dormir. No entanto, quando isso acontece, é comum que pensamentos e preocupações não permitam que caiamos no sono de forma rápida. Mas o judô também pode ajudar nesse quesito!

Como falado no tópico anterior, a prática desse tipo de esporte, principalmente os que estimulam o cérebro, como o judô, aumentam a produção dos hormônios da mente. Já falamos da serotonina, mas outro que também é estimulado é a melatonina, conhecido como o hormônio do sono.

Se temos a produção desse hormônio em dia, cair no sono fica muito mais fácil, o que resulta em uma vida muito mais saudável.

 

– Ensina técnicas de defesa pessoal:

 É importante dizer que esse não é o foco central do judô. A prática é um esporte que deve ser praticado nos lugares propícios, com atletas, professores e juizes capacitados. No entanto, o judô conta com vários golpes que podem imobilizar – sem ferir – uma pessoa em milésimos de segundo.

Sendo assim, caso você seja uma vítima de violência, poderá se defender. É importante ressaltar que a reação contra assaltos é totalmente contraindicada, principalmente pelo fato de que o indivíduo pode ter em posse armas, sejam elas de fogo ou brancas.

 

Benefícios para o judô infantil

Benefícios para o judô infantil
Benefícios para o judô infantil

 Muitos pais e mães colocam os seus filhos para praticar judô desde os seus primeiros anos de vida. Na grande maioria das vezes, eles não estão buscando que suas crianças virem atletas, mas sim visando os benefícios que podem ser obtidos na prática do judô infantil, tais como:

 

– Disciplina:

 Criar um filho não é uma tarefa fácil. É dever dos seus responsáveis ensinar todos os valores de uma pessoa boa, que ajuda o próximo e se preocupa com as pessoas. No entanto, com a rotina do dia a dia, nem sempre é possível ensinar tudo que queremos passar para as crianças.

O judô infantil é uma ótima forma de ensinar a disciplina para o seu filho. Colocando-o em uma dessas academias, ele aprenderá a disciplina por meio do esporte, ao saber quando tem de esperar, golpear, dentre vários outros aspectos.

 

– Respeito:

 Toda academia de judô de qualidade ensina a todos os alunos o respeito que deve se ter com o próximo. Apesar de ser o seu oponente quando estão se enfrentando, o outro é um colega que deve sempre ser respeitado. Além disso, para conseguir se adequar e ser um bom atleta dessa modalidade, será necessário respeitar o seu professor, o que é refletido na personalidade na criança e nas suas atitudes dentro de casa.

 

– Diversão:

 Todos queremos que nossas crianças aprendam os seus valores primordiais, mas também se divirtam. A infância é a época de nossas vidas que devemos prezar pela diversão, e o judô pode ser uma ótima alternativa de angariar valores e, ao mesmo, brincar!

 

Regras básicas do judô

 A partir de todos os benefícios que foram listados acima, é bem provável que você tenha se interessado pela prática. Dessa forma, saber quais são as regras básicas e de como funciona esse esporte pode ser bem interessante.

O Judô é um esporte individual de bastante contato, classificado como “de combate”. Sendo assim, o embate é entre duas pessoas, onde existem duas formas de pontuar: fazer com que o adversário caia com as costas para o chão ou imobiliza-lo a partir de alguma técnica.

Além disso, diferentemente de outras modalidades da qual foi originado, o judô pode ser praticado tanto em pé quanto no chão. Sendo assim, existem várias técnicas e golpes que podem ser aplicados, mas eles são divididos em duas categorias: Nage Waza – conhecido como os golpes que podem ser dados em pé – e Katama Waza – os golpes que são dados quando os oponentes estão no chão.

 

Onde praticar o judô

 O judô é um esporte e tem regras definidas. Por esse motivo, é crucial que a sua prática seja feita em um local apropriado, com professores que entendam do esporte e da sua importância.

Como é bastante popular em todo o mundo, é possível encontrar várias academias de judô espalhadas pela cidade, principalmente nos grandes centros urbanos. Certifique-se de que essa academia seja confiável e tenha professores altamente capacitados!

 

Cuidados com os golpes proibidos!

 A grande maioria das modalidades de esportes de combates em todo o mundo possui golpes que não são permitidos. Geralmente, isso se dá pelo fato de que essas técnicas podem comprometer a integridade física do seu oponente, o que claramente não é o objetivo do judô.

Certifique-se de que a sua academia – ou a academia do seu filho, por exemplo – não trabalhe com esse tipo de técnicas!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *