BCAA

Aminoácidos do BCAA

Há muitas maneiras de classificar os aminoácidos, sendo os mais conhecidos os aminoácidos essenciais e não essenciais, que se referem à capacidade do organismo de sintetizar esses monômeros por si só.

Entre os aminoácidos essenciais incluem os aminoácidos de cadeia ramificada ou BCAA, os quais são assim chamados por sua sigla em Inglês (-aminoácidos de cadeia ramificada), amplamente utilizado na indústria de suplementação de desporto para melhorar a regeneração do músculo e o desempenho atlético.

BCAA significa aminoácidos de cadeia ramificada, aminoácidos de cadeia ramificada. Eles são um grupo de aminoácidos essenciais que não possuem uma estrutura de cadeia linear em sua formação, como é usual em outros aminoácidos, mas formam uma cadeia ramificada.

Os aminoácidos essenciais são aqueles que o organismo não é capaz de sintetizar por si mesmo e devemos ir a fontes externas para incorporá-los ao organismo. As principais fontes são suplementação dietética e nutricional

A cadeia ramificada refere-se a três aminoácidos: leucinaisoleucina valina, que contêm três pequenos ramos que estão alinhados ao radical aminoácido, estes pequenos ramos são cadeias curtas de três ou quatro átomos de carbono.

 

Quais são?

Os três aminoácidos essenciais ramificados são leucina, isoleucina e valina.

 

Benefícios e propriedades

A principal diferença entre os aminoácidos ramificados e o restante, aminoácidos essenciais ou não essenciais, além de sua estrutura, é a maneira pela qual o organismo os assimila. Os outros aminoácidos devem ser sintetizados e metabolizados no fígado, os ramificados são transportados diretamente para o tecido muscular.

 

Principais funções: para que servem?

Principais funções: para que servem?
Principais funções: para que servem?

Estes aminoácidos participam na síntese de proteínas. Sua oxidação fornece energia metabólica para os músculos, de fato, a combinação desses três monômeros é responsável por quase um terço dos músculos esqueléticos do corpo humano.

Além de suas propriedades no campo esportivo, fontes alimentares e suplementos nutricionais de aminoácidos ramificados são comumente usados ​​em tratamentos para pessoas que sofreram queimaduras.

Outra parcela de saúde em que esses aminoácidos são utilizados é em pessoas que sofreram uma operação cirúrgica ou que sofrem de câncer, devido aos processos de catabolização proteica nesses processos.

 

Por que eles são importantes no mundo esportivo?

No campo do fisiculturismo, os BCAAs são muito importantes. Eles atuam como elementos para criar proteínas e músculos e podem ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue. Esses monômeros são ingeridos como suplemento dietético para evitar o excesso de treinamento dos atletas.

Seus efeitos incluem a redução da fadiga muscular, prevenir a perda de glicogênio, melhorar o desempenho em atividades aeróbicas e anaeróbicas e apoiar o sistema imunológico, aumentando a produção endógena de glutamina.

 

Quando tomar BCAA

Quando tomar BCAA
Quando tomar BCAA

Dependendo do objetivo a ser alcançado com a prática de exercícios e suplementação esportiva, será mais apropriado tomar esses aminoácidos antes ou depois do treinamento. Os objetivos a serem alcançados através da ingestão desses nutrientes variam de queima de gordura e perda de peso, ganho muscular ou aumento do desempenho físico em atletas de alto rendimento.

Em ambos os momentos é ideal tomar esses aminoácidos, especialmente se o que se busca é conseguir um melhor desempenho esportivo. Os atletas de resistência podem consumir de três a cinco gramas de aminoácidos em pó momentos antes dos esportes e depois.

No caso de eventos esportivos de alta distância, os atletas podem diluir 5 a 7 gramas de BCAA em água e levá-los no teste. Se o que você quer é perder gordura e perder peso, você pode adicionar a essas fotos uma pela manhã.

Os BCAAs também são muito úteis antes de dormir, especialmente os suplementos que contêm leucinaisoleucina valina na proporção de 2: 1: 1 ou 4: 1: 1. Dormir é sinônimo de descanso, é o período de tempo que o corpo usa para reparar os danos celulares do corpo, e isso também inclui danos musculares.

Não há limitações para se tomar aminoácidos ramificados nos dias de descanso, porque esses dias são, de fato, dias de crescimento muscular, já que nesse período é quando o corpo tem o maior potencial para crescer.

Os BCAAs, assim como outros suplementos, tais como proteína em pó, creatina, beta-alanina e complexos multivitamínicos, podem ser tomados em dias de treinamento ou em dias de folga.

Dependendo do objetivo a alcançar, tomar estes suplementos com o estômago vazio pode ser mais apropriado ou não. Se o objetivo é ganhar massa muscular, é interessante consumir aminoácidos em pó recentemente retirados, quando oito horas se passaram desde a última refeição, para interromper os processos catabólicos.

O catabolismo inclui todos os processos metabólicos que degradam compostos maiores em nutrientes mais digeríveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *